O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Software Livre é software verde.

Posted by Paulo em 19/10/2009

broken_windowsHá alguns dias, recebi um comentário de Sinara Duarte do blog “Software Livre na Educação” no post “A História das coisas“. Ela colocou um ping back do post em seu blog e renomeou para “Software Livre é Software Verde!”. Fiquei bastante feliz com a replicação e resolvi fazer uma continuação do assunto.

Comecei a procurar correlações sobre o problema do lixo tecnológico e a utilização de software proprietário. Nessa empreitada encontrei as seguintes matérias:

  • Spams contribuem para o aquecimento global, diz estudo da McAfee – Por IDG News Service/Cingapura – Publicada em 15 de abril de 2009 às 08h33 e atualizada em 16 de abril de 2009 às 13h11.
    Cingapura – Além de serem um incômodo, os 62 trilhões de spams enviados anualmente consomem 33 bilhões de kilowatts/hora de eletricidade.

    Considerando que as redes mundiais de spam não são operadas de computadores específicos, mas de computadores pessoais infectados com vírus, podemos chegar à conclusão de que o sistema operacional mais popular do mundo é responsável indireto por esse problema.

  • Cebit 2009: Greenpeace pressiona empresas de tecnologia – Por IDG News Service/Alemanha – Publicada em 03 de março de 2009 às 16h35 e atualizada em 04 de março de 2009 às 15h07.
    Hannover – ONG quer que companhias do setor cumpram promessas e tomem medidas concretas que ajudem na preservação do meio ambiente.

    Por que o discurso fica tão distante da prática? Por que essas empresas, entre elas Microsoft, Nokia, Fujitsu, Sharp, Sony, Samsung, Apple, Intel, AMD, entre outras, gastam enormes quantias em marketing vendendo a imagem de empresas preocupadas com o meio ambiente mas, na prática, adotam apenas medidas cosméticas e enganam seus “consumidores”?

  • Greenpeace: eletrônicos ainda não são ecologicamente corretos – Por IDG News Service/França – Publicada em 08 de janeiro de 2009 às 15h56 e atualizada em 09 de janeiro de 2009 às 09h42.
    Paris – De acordo com estudo conduzido por ONG, produtos tecnológicos são mais agressivos ao ambiente do que afirmam seus fabricantes.

    Se já existe tecnologia para fazer equipamentos ecologicamente corretos, por quê não se faz? A resposta é simples: redução de custos. A questão toda não é oferecer às pessoas produtos bons, ecologicamente corretos, eficientes energeticamente, duráveis. A questão se resume em oferecer aos “consumidores” produtos com ciclo de vida curto, com materiais baratos (e por isso não há preocupação com a qualidade), sem compromisso com o meio ambiente (afinal, isso aumenta os custos e diminui o lucro dos acionistas). Se não for assim, por quê ainda não encontramos produto que sejam duráveis, ecologicamente corretos e baratos?

  • Crackers falsificam registros para transportar madeira ilegalmente – Por Redação do IDG Now! – Publicada em 12 de dezembro de 2008 às 19h24 e atualizada em 12 de dezembro de 2008 às 19h25.
    São Paulo – Segundo o Greenpeace, invasão de controle do permitido para comercialização desviou 1,7 milhão de metros cúbicos de madeira.

    Não é exclusividade do software proprietário a invasão por crackers. Entretanto, em redes onde existem sistemas livres e proprietários operando em conjunto, ou onde existe apenas sistemas proprietários, a possibilidade de invasão é bem maior, devido à falta de segurança do segundo. Inúmeros são os casos de invasão que tiveram como origem a vulnerabilidade de sistemas proprietários. Alguns exemplos:

  • Crackers invadem Kaspersky e enviam vírus – Plantão Info/Tecnologia pessoal – Segunda-feira, 11 de novembro de 2002 – 15h37.
    SÃO PAULO – Um grupo de crackers invadiu o site do fabricante de antivírus Kaspersky Labs e enviou a assinantes de uma newsletter da empresa mensagens contaminadas com o vírus Bridex. A informação foi publicada pela própria Kaspersky.

    Se os próprios desenvolvedores de anti-vírus para os sistemas proprietários estão vulneráveis assim, eles que são os “consultores de segurança” não conseguem proteger a si mesmos, que dirá aos seus “consumidores”.

  • Fabricantes de eletrônicos lutam contra leis de reciclagem nos EUA – Por Redaçãodo IDG Now! – Publicada em 02 de julho de 2009 às 11h40.
    São Paulo – Associação dos Eletrônicos de Consumo diz que indústria gastaria US$ 200 milhões anuais com reciclagem – só em Nova York.

    O custo para manter nosso planeta limpo é alto demais para essas empresas.

Agora, essa é a pior:

  • Greenpeace traça caminho do lixo eletrônico para África e Ásia – Por Guilherme Felitti, editor assistente do IDG Now! – Publicada em 05 de junho de 2009 às 07h00 e atualizada em 05 de junho de 2009 às 09h27.
    São Paulo – Líder para lixo eletrônico do Greenpeace, Zeina Al Hajj detalha o descarte internacional e dá dicas para compras mais verdes.

    Esse lixo eletrônico já foi discutido neste post.

Estou incerto se seria necessário comentar algo mais mas, acho estamos todos tampando o sol com uma peneira. Quase todos, senão todos, os problemas descritos acima poderiam ser solucionados com a adoção do software livre. Cada vez mais, o software livre, o código aberto, o conhecimento compartilhado, a difusão das idéias indicam que podemos resolver os problemas que nos atingem, bastando termos um pouco mais de coerência entre o que pensamos falamos e fazemos. Se queremos, realmente, um mundo melhor, a paz, a não violência, a preservação do nosso planeta, o respeito aos nossos direitos, o fim da miséira, entre outras coisas, comecemos a agir para que isso aconteça.

Comece a considerar a possibilidade de utilizar o software livre e a contribuir para que ele se multiplique.

Spams contribuem para o aquecimento global, diz estudo da McAfee

Anúncios

2 Respostas to “Software Livre é software verde.”

  1. […] Software livre é software verde […]

  2. sinara duarte said

    Sabia, que vc é um chato? rsrsr é porque eu tinha pensado em algo parecido, mas vc ja escreveu… bricadeiras, a parte, que tal enviar este artigo (ou tema) para a revista espirito livre? Ta muito bom o seu blog/site, por isso fiz o ping back, coisas boas devem ser replicadas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: