O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Ubuntu 10.04 – Instalação passo a passo via pendrive.

Posted by Paulo em 25/05/2010

Leia, também, a seção “Curso Básico de Ubuntu“, onde você encontrará informações a respeito de como usar o sistema.

Até os mais experientes fazem “caquinha” de vez em quando. Foi o meu caso. Tentando descobrir como fazer o leitor de cartões SD do netbook Acer Aspire One NAV50 funcionar, digitei um comando que apagou meu HD… Hehehe… Como costumo dizer: dê a um usuário a senha do root e ele transformará seu Linux num Windows, como por mágica.

Netbook Acer Aspire One NAV50

Mas foi bom. O desapego aos bits materiais me fez pensar que tudo na vida é passageiro, menos o cobrador e o motorista.

Deixando os trocadilhos de lado, depois de um momento e de uma lágrima furtiva que escorreu de meus olhos quando me dei conta da “caca” que havia feito, decidi que, já que teria de reinstalar meu sistema, colocaria a última versão estável e ainda teria material para colocar no blog. Beleza!

Baixando o Ubuntu e preparando o pendrive para a instalação.

Com o netbook fora de cena, precisei, a partir de outro computador, ir em http://www.ubuntu.com/getubuntu/download e baixar o arquivo com a imagem .iso do Ubuntu 10.04.

Com a imagem em mãos, gravei-a num pendrive, seguindo os passos que descrevi no post Usando o Unetbootin para criar um Pendrive inicializável.

Inicializando com o pendrive.

Com o Ubuntu 10.04 devidamente gravado no pendrive, inseri-o numa das portas USB do netbook e liguei a máquina. Pressionei a tecla F12 para escolher a opção de boot pelo pendrive e, em alguns segundos, a Área de Trabalho do “Live Pendrive” surgia para mim:

Área de trabalho do "Live Pendrive" do Ubuntu 10.04

Instalando o Ubuntu.

Como já não tinha mais nada a perder, parti para a instalação, clicando no ícone “Instalar Ubuntu 10.04 LTS”. O programa de instalação me mostrou a tela de escolha do idioma:

Tela de escolha do idioma

Escolhi o idioma “Português do Brasil” e cliquei em “Avançar”. A próxima tela me pediu para escolher o fuso horário do local onde estava:

Tela de seleção do fuso-horário

Escolhi o fuso horário mais próximo do meu local (São Paulo, no meu caso), e cliquei em “Avançar”. A próxima tela me pediu para escolher o formato do teclado. O instalador sugere um teclado de acordo com o idioma escolhido na primeira tela, mas como meu netbook veio com teclado americano, precisei ter um pouco de cuidado aqui.

Tela de seleção do teclado

Cliquei, então, em “Escolha o seu próprio”, procurei na coluna da esquerda o país (USA), e na da direita, o formato adequado do meu teclado (USA – International with accent keys), e cliquei em “Avançar”.

A próxima tela apresentada era a “temível” tela de particionamento do HD. Como minha intenção era de ocupar o HD inteiro com minha nova instalação, escolhi a opção “Especificar particionamento manual”.

Tela de escolha do tipo de particionamento

Essa escolha foi devida ao fato de que eu queria ter minha partição de dados do usuário separada da partição do sistema (como um drive D: no Windows), para que,no futuro, quando precisar atualizar meu sistema, ou instalar um sistema novo, não corra o risco de perder meus arquivos pessoais. Cliquei em “Avançar” e a próxima tela me mostrou o estado do meu HD: vazio. Cliquei em “Nova tabela de partição”:

Tela de estado do HD

A tela de alerta me avisou que criar uma nova tabela de partição poderia fazer com que eu perdesse os dados do HD. Como eu já havia feito essa parte antes, cliquei em “Continuar”.

Tela de aviso

Na tela de preparação das partições, selecionei o item “Espaço Livre”, que mostrava o tamanho disponível no meu HD para ser utilizado, e cliquei no botão “Adicionar”.

Tela mostrando o espaço livre disponível

Criando a primeira partição

Como disse anteriormente, queria que minha partição de dados ficasse separada da partição do sistema, portanto, decidi que o espaço em disco destinado ao sistema seria de 20 GB, o que é mais do que suficiente para qualquer sistema GNU/Linux. Escolhi, então, a opção “Partição primária”, digitei o tamanho de 20000 MBytes para o tamanho da nova partição, informei ao particionador que queria que ela estivesse no início do disco, escolhi como sistema de arquivos a opção EXT4 e, finalmente, informei o ponto de montagem “/”. Cliquei em OK para confirmar.

A nova partição apareceu na lista de partições da tela de preparação das partições:

Primeira partição listada

Cliquei novamente em “adicionar” para adicionar a partição onde guardaria meus arquivos pessoais. Escolhi a opção “Tipo de partição” como “Lógica”, digitei o valor em MBytes da partição, tomando cuidado para deixar cerca de 256 MBytes no final do disco para a partição de troca (Swap). Informei que também queria que a partição começasse do início para o final do disco, o tipo de partição escolhido também foi EXT4, e o ponto de montagem foi informado como “/home”. No Linux, os arquivos dos usuários são guardados  dentro do diretório /home. Portanto, mesmo que eu crie, no futuro, mais usuários na máquina, todos utilizarão essa partição para armazenar seus arquivos, automaticamente.

Configuração da partição /home

Cliquei em OK e a partição apareceu listada na tela de preparação das partições.

Criação da partição /home

Por último, mas não menos importante, era preciso criar a partição de troca (Swap), utilizando o restante (cerca de 256 MB) do disco. Cliquei em “Adicionar” e, novamente apareceu a tela de configuração de partições:

Configurando a partição Swap

A partição de Swap foi configurada como sendo uma partição lógica, com 256 MBytes de espaço, do início para o final do disco. A opção de Swap na lista drop-down é “Àrea de troca (Swap)”. A partição de Swap não exige ponto de montagem. Cliquei em OK e verifiquei a listagem na tela de preparação das partições:

Preparação das partições completada.

Tudo certo com as partições, cliquei em “Avançar” para continuar a instalação. A próxima tela era a tela de criação de usuário. Digitei meu nome, o nome que eu queria que aparecesse como meu usuário, digitei a senha duas vezes nos campos indicados e dei um nome para meu computador.

Criação de usuário - parte superior

Rolei a tela para baixo e apareceram mais opções de configuração. Escolhi que queria que minha senha fosse solicitada todas as vezes que eu entrasse no sistema. Mas poderia escolher, por exemplo, que meu usuário entrasse na Área de Trabalho direto, sem pedir senha. Também poderia criar mais usuários se fosse o caso.

Escolha do tipo de login

Ao clicar em “Avançar”, o programa de instalação exibiu um resumo das minhas opções de instalação, me dando uma última oportunidade de revê-las:

Tela de resumo das opções de instalação

Finalmente, clicando em “Avançar”, a instalação teve início:

Início da instalação: 10h04min da manhã

Dezenove minutos depois, a instalação havia terminado e cliquei em “Reinicializar agora” para ver se funcionou.

Instalação finalizada às 10h23min da manhã

Inicializando pelo sistema instalado.

Retirei o pendrive da porta USB para evitar que o netbook entrasse por ele. Alguns segundos depois, a tela de login do sistema pedia que eu escolhesse o usuário:

Tela de escolha do usuário

Escolhi o usuário que configurei e digitei a senha que defini para ele na instalação:

Tela de login do usuário

Finalmente, meu netbook estava ressuscitando!!! Alive Again!!!! HUAHUAHUAHUAHUA!!!!

Configurando o Acesso à Internet (modem 3G Huawei E156).

Tá, mas micro sem internet ninguém merece. Pior é que minha internet é 3G, com os “temíveis” modems USB da Huawei. Bom, se tinha de ser feito, que fosse. Tenho dois modems USB da huawei: o E156 e o E1756. Como o E156 foi o que menos me deu trabalho anteriormente, resolvi tentar primeiro com ele.

E156 momentos após colocá-lo na porta USB

Espetei-o na porta USB e, momentos depois, o ícone da Vivo apareceu na minha Área de Trabalho. Cliquei, então no ícone da rede, perto do relógio e verifiquei que meu modem havia sido detectado automaticamente, pois a opção “Nova conexão de banda larga móvel (GSM)” estava disponível na lista.

Modem detectado automaticamente

Cliquei nela e iniciei a configuração da Internet, exatamente como na sequência abaixo:

Tela inicial da configuração de Internet móvel

Tela de seleção do país

Tela de escolha da operadora

O "Plano" pode ser o padrão

A última tela: resumo das configurações

Mal terminei de configurar, o modem já conectou:

Vivo internet conectado

Só faltava testar no navegador:

Site padrão do Ubuntu acessado via Firefox

Configurando o Acesso à Internet (Modem 3G Huawei E1756).

Agora eu precisava saber se o modem Huawei E1756 funcionaria também, já que esse modem foi um pouco problemático na instalação no Ubuntu 9.10. Desconectei o E156 e pluguei o E1756 na porta USB.

Plugando o modem Huawei E1756

Alguns segundos mais tarde, o sistema detectou um arquivo de auto-execução dentro do modem (na função pendrive) e perguntou se eu queria executá-lo.

Auto-executável do modem solicitando permissão para execução

Auto-executável do modem solicitando permissão para execução

Respondi que executasse o programa e recebi a seguinte mensagem:

Mensagem de erro

O problema ocorreu porque o programa do fabricante do modem tem um bug, pois tenta executar um programa de instalação que precisa gravar arquivos em pastas do sistema às quais os usuários comuns têm acesso apenas para leitura. Portanto, é necessário rodar o programa como super-usuário. Embora nada na documentação em papel do modem informe isso, a informação está no arquivo readme.txt. Pode-se ter acesso a ele clicando no ícone da Vivo que aparece na Área de Trabalho (vai abrir uma janela do navegador de pastas Nautilus). O arquivo está dentro da pasta Linux.

Para executar o programa como super-usuário, deve-se abrir uma janela do terminal em Aplicativos > Acessórios > Terminal.

Abrindo o terminal

Uma tela como a abaixo vai ser aberta.

1. Digite o comando para mudar para a pasta Linux dentro do modem:

cd /media/VIVO\ INTERNET/Linux/

2. Digite o comando para executar o programa de instalação como super usuário:

sudo bash install

3. Digite sua senha de usuário.


O programa instala um ícone no menu Aplicativos > Internet > Vivo Internet.

Ícone do Vivo Internet

Clicando nele, o discador da Vivo é iniciado… Bem, nem tanto… na verdade ele demora um pouco pra abrir, mas abre. Outro bug que percebi é que o programa tenta fazer a detecção do SIM Card antes da conexão e trava o programa. Para não se incomodar com isso, cliquei no botão “Conectar” antes do aviso dele tentar detectar o SIM Card. Dessa forma ele conectou normalmente e pude navegar sem problemas.

Instalando os plugins do Java e do Flash.

Para completar o acesso à Internet sempre é bom testar sites que utilizam Java (por exemplo, https://www2.bancobrasil.com.br/aapf/login.jsp?aapf.IDH=sim&perfil=1) e Flash (por exemplo, http://www.youtube.com). Como era de se esperar, os plugins não foram instalados automaticamente. Seria preciso instalá-los manualmente. Cliquei em Aplicativos > Central de Programas do Ubuntu.

Abrindo a Central de Programas do Ubuntu

Preenchi o campo de procura com o termo Sun Java e mandei instalar os itens:

1. Plugin Sun java 6.0
2. Sun Java (TM) Runtime Environment (JRE) 6

Instalação do plugin do Java

Em seguida, procurei pelo termo Adobe Flash, e mandei instalar a última versão do plugin do Flash.

Instalação do plugin do Flash

Isso bastou para que o Mozilla Firefox 3.6 acessasse os sites do Banco do Brasil e do Youtube corretamente.

Verificando o funcionamento dos dispositivos.

– Som.

Os dispositivos de som foram automaticamente detectados pelo PulseAudio, já que a música da inicialização do sistema foi tocada na finalização do boot.

Mas ainda faltava o microfone. Abri o gravador de som em Aplicativos > Multimídia > Gravador de som e fiz um teste de gravação com o microfone, que funcionou perfeitamente.

– Webcam.

Não encontrei no Ubuntu 10.04 um programa para webcam instalado por padrão. Portanto, abri a Central de Programas do Ubuntu e instalei o programa que costumava utilizar no Ubuntu 9.10, o Cheese. Rodei o programa clicando em Aplicativos > Multimídia > Cabine de webcam do Cheese. E tive o seguinte resultado:

Webcam funcionando

Rede.

As interfaces de rede com e sem fio foram detectadas automaticamente, apesar do fabricante dos chipsets ser a Atheros, que tem a fama de ter pouco suporte ao Linux. Foi possível conectar automaticamente a redes que dispunham de servidor DHCP para fornecer endereços IP para a máquina sem precisar configurar, nem instalar, nada.

O Acer Aspire One NAV50 não possui interface bluetooth. Para fazer a conexão com meu smartphone, precisei utilizar um dongle bluetooth genérico que comprei em um site chinês na Internet. Pluguei o dispositivo numa porta USB e, imediatamente, o dispositivo foi detectado e ficou pronto para utilização, como ficou evidenciado pelo ícone do dispositivo no painel do Gnome.

Bluetooth ativado

– Leitor de Cartões de Memória SD.

Esse foi o único item do netbook que não funcionou, nem deu sinal de vida. Embora eu tenha certeza de que não é um problema de hardware, pois o dispositivo funcionou com o Windows 7 Starter que veio no equipamento, ainda não descobri uma maneira de fazê-lo funcionar no Ubuntu 10.04. O dispositivo também não funcionava no Ubuntu 9.10 que eu usava anteriormente e, como as portas USB podem ser usadas para conectar leitores de cartões externos, não me incomodei muito com isso.

Conclusão.

Cerca de uma hora foi necessária entre plugar o pendrive no netbook e ter um sistema totalmente funcional, com Internet, rede, pacote de escritórios e (quase) todos os dispositivos de hardware plenamente funcionais. Quase nenhum recurso em modo texto foi utilizado (com  exceção da instalação do modem Huawei E1756, por causa de um bug no programa do fabricante).Sem falar que não foi necessário instalar programas anti-vírus, anti-spyware, firewalls, etc.

Acredito que essa experiência serviu para mostrar como é fácil, rápido e simples instalar, configurar e utilizar o Ubuntu 10.04, reafirmando a proposta de “Linux para seres humanos” da empresa que o desenvolve, a Canonical.

Até a próxima.

Atualização de 30/05/2010: A Revista Ubuntu User (antiga Easy Linux) número 17 (Maio 2010) traz, na página 38, um guia para escolher a forma de particionar o HD mas adequada a cada tipo de uso. Também traz um passo a passo para fazer o particionamento, semelhante ao demonstrado nesse artigo. Embora eu não concorde com a orientação da revista que diz que o tamanho da partição swap deva ser de 1GB, a matéria é muito esclarecedora e deveria ser utilizada como complemento às informações descritas no artigo acima.

Anúncios

90 Respostas to “Ubuntu 10.04 – Instalação passo a passo via pendrive.”

  1. Paulo,

    Não apaguei o HD do meu netbook Samsung NC10 (NP-NC10; processador Intel Atom CPU N270 1,60GHz; 0,99 GB RAM; originariamente equipado com Windows XP Home Edition 2002 Service Pack 3), mas enfrento dificuldades/dúvidas para instalar o Ubuntu no equipamento, preferencialmente com dual boot, deixando uma partição para salvamento dos arquivos para uso comum nos dois sistemas de forma alternativa.

    Utilizo esse netbook para desenvolver trabalhos com o Scribus, que roda tanto em Linux como em Windows. Essa, aliás, a razão de desejar o dual boot: se enfrentar uma falha num sistema posso utilizar o outro e não deixo de entregar o serviço enquanto buscaria uma solução.

    A primeira dificuldade eu já venci, justamente fazer ele partir pela conexão do pendrive, pois isso não estava acessível como normalmente ocorre em nets, notes e pcs.

    Ocorre que pela própria forma como a Microsoft está dando fim ao XP, não tem sentido manter esse sistema, pois mais e mais enfrentarei problemas. Pensei, então, e aproveitar para instalar uma versão Linux e o Windows 8 ou 10.

    Realizei todo o processo e, ao começar, optei por testar antes e deparei com uma mensagem de alerta, em inglês: “This kernel requires an x86-64 CPU, but only detected an i686 CPU. Unable to boot – please use a kernel appropriate for you CPU”, pelo tradutor do Google, “Este kernel requer uma CPU x86-64 , mas apenas detectou uma CPU i686 . Incapaz de arrancar – por favor, use um apropriado kernel para você CPU”.

    Como, então, devo proceder para instalar o Ubuntu em modo dual boot? O netbook é muito bom e não pretendo perdê-lo! Será que vou ter que recorrer à versão para tablet?

    Contando que consiga me ajudar, adianto outro problema enfrentado em outro netbook, esse rodando o Mandriva Linux. Não consigo utilizar outro navegador que não o Firefox, que está bem defasado. Como posso instalar e utilizar o Google Chrome em ambos os netbooks?

    Agradeço previamente sua atenção! 😉

  2. MikeGuitar009 said

    Poxa cara! Lamento pelos dados perdidos, mas isso acontece com qualquer um. Aconteceu cmg tb de perder um HD Externo com quase 1TB de dados, mas no meu caso ñ foi por comando, foi problema físico msm. Parabéns pelo post! Muito engraçado vc, gostei

  3. vlad said

    Valeu cara! Vc me ajudou a instalar a camera mt obrigado

  4. daniel said

    bom dia. Antes de mais nada parabens pelo blog super 10.
    Estou com uma duvida estou tentando utilizar o bate papo do uol e a can não consigo permitir, por outro lado a cam funciona perfeitamente no skyp emense e outros…teria a solução.

    • Paulo said

      Bom dia, Daniel.
      O Skype é um programa que você baixa e roda na sua máquina. Outros sistemas, como o Google Talk, precisam da instalação de um plugin no navegador.

      Não sei que tecnologia o bate papo do Uol usa.

      Abraço.

      • daniel said

        Opa legal, quando entramos ou a cam nem abre e ou fica para permitir e nao conseguimos clicar em permitir. ou algumas vezes avisa que o plugin do adobe parou ..

  5. Rodrigo Freitas said

    Olá estou com um problema para instalar o Ubuntu em um Itautec W7635, já gravei o pen drive mas ele simplesmente não faz o boot…Já alterei na BIOS a ordem de arranque de mil maneiras, mas ele parece que nem reconhece o dispositivo e inicia o XP normal…Até aí tudo bem não fosse o meu XP estar desligando e reiniciando infinitamente…O que fazer?

  6. rogerio said

    olá, é possivel instalar o ubuntu em um net acer aspire one aoa110 que possui apenas 8 g de hd em flash e 1 de ram, obrigado,

    • Paulo said

      Bom dia.

      É sim. No entanto, sugiro que instale e depois modifique os padrões do sistema. Por exemplo, seria importante substituir o gerenciador de janelas original, o Unity, por um mais leve, como o LXDE ou o XFCE. Outra opção é instalar o Debian, que permite escolher o gerenciador de janelas, entre outras opções.

      Abraço.

  7. Antônio Propheta said

    Meu caro, sinceros parabéns !
    Teu blog , teu tutorial ainda me serviu hoje, dois anos depois de postado,se não me engano!
    Nunca havia instalado sistema operacional nenhum em minha vida e com a tua ajuda instalei via pen-drive , que eu mesmo criei num Net e instalei no meu “velho” Note Compaq de 2008 ! E tudo funcionando ! Até eu consegui !
    A partir de hoje sou entusiasta do universo Linux !
    Parabéns mais uma vez e sempre !

  8. manta said

    para acrescentar? http://www.linuxnewmedia.com.br/lm/materia/particionamento_ideal_no_ubuntu

    • Paulo said

      Obrigado pela dica.

      Apenas um comentário: na minha opinião pessoal, não colocaria a partição de swap no meio do disco. Mas, isso é escolha de cada um.

      Abraço.

  9. Marcos said

    Eaí Paulo Beleza,

    Estou com um problema na hora de dar boot no pc.
    Baixei tudo certinho no treco do Unetbootin,escolho o pendrive no menu do boot,mas quando eu coloco para dar boot aparece uma mensagem escrito “verifying dmi pool data k8 npt data change update new data dmi” e não acontece nada o que eu fiz de errado ? Meu caso foi mais ou menos igual o seu,formatei sem querer o ruimdows(já estava afim de colocar o linux)e resolvi que era a hora,mas aconteceu isso,pode me ajudar ?

    • Paulo said

      Bom dia, Marcos.

      Verifique se o arquivo que vc baixou nao esta corrompido. Em geral essa costuma ser a causa. Outra causa possivel e a compatibilidade do seu hardware.

      Abraço.

  10. Andre said

    Olá Paulo.

    Parabéns pelo tutorial.

    Estou tentando deixar dual boot (Win7/Ubuntu 11.10) e pesquisando encontrei seu blog.

    Vi que uma das imagens sua ali, sem querer, bati o olho e vi, uma rede wireless que na minha casa também é encontrada pelo meu netbook (CS.NET-MILANO).

    Pelo jeito você mora no CIC?

    Só curiosidade. Abraços.

    xD

  11. 1111lo said

    Depois que usei o Ubuntu 10.10, nunca mais instalo o Windows novamente.

    Não preciso de antivirus, nem de drivers, nem de cracks.

    Um detalhe, as fontes do Ubuntu são mil vezes mais nitidade e melhores que no Windows com esse ClearType que nao adianta em nada.

    Fonte muito mais nitidas, tanto faz colocar em 800×600, 1024×768 a imagem e fontes são limpas!

    Quem ainda quizer rodar programas Windows no Linux, só baixar o WineHQe instalar normalmente.

    😉

  12. Gabriel Rodrigues said

    Paulo , me dê uma ajudinha !
    Eu tenho o uBuntu 11.10 e vou instalar no meu computador usando UNetBootin, aí tipo eu to em dúvida dos drivers , o uBuntu já reconhece ou terei que fazer um “backup” dos drivers para instalá-los manualmente ?

    Abrs’z
    Boa sorte com o site.

    • Paulo said

      Bom dia, Gabriel.

      Vamos esclarecer uma coisa: diferentemente do Windows, que precisa de programas dos fabricantes para fazer o hardware funcionar, no Linux, o que se chama de “drivers” são módulos pré-compilados do kernel. Isso significa que eles vêm junto com o kernel e, em 99% dos casos, você não precisa se preocupar em instalá-los. Nos outros 1%, ou não existe o driver (aí o hardware não funciona), ou o driver não está incorporado ao kernel (por exemplo, em hardwares de fabricantes exóticos como VIA e Nvidia).

      Agora, respondendo à sua pergunta: Não, você não precisa se preocupar com drivers, a não ser que seu hardware seja de algum desses fabricantes exóticos.

      Abraço

  13. Lando said

    Meu Deus instalei o Ubuntu 11.4, como faço pra usar Cam en sites de bate-papo, já baixei esse Cheese, mas não serve pra isso, Ajue-me por favor….vou ter que re-instalar o windows e reitrar isso daqui

    • Paulo said

      Meu Deus! Reinstalar a porcaria do Windows só porque não aprendeu a usar a câmera? Fique à vontade. Milhões de usuários Linux fazem suas videoconferências e bate-papos com webcam.

      Ou, por outro lado, você pode usar programas como o AMSN, o Pidgin ou outro com suporte a webcam. Também é bom saber se a sua webcam possui suporte pra Linux, né? Se funciona no Cheese, funciona em qualquer programa de bate-papo, inclusive com o plugin do Gtalk e com o Skype.

      O melhor lugar para aprender a resolver problemas simples, como esse, é o suporte da comunidade de usuários do Ubuntu-br: http://ubuntu-br.org/suporte#comunidade

  14. Gelson said

    Obrigado.

    Segui os papos e instalei fácil fácil.

    Abs.

    • stellarium said

      Agradeço o comentário, Gelson.

      Lembrando que os passos, com algumas pequenas variações, devem servir pra instalar as versões mais novas também.

      Abraço.

  15. Jorge Leal da Silveira said

    Eu comprei um ASUS A43E com partição C:(sistema operacional Win7),partição D:(sem sistema) e partição E:(recovery).Posso instalar o Ubuntu 11.10 na partição D: ou tenho que usar a partição do Win7?Se possível,quando reiniciar eu posso escolher o sistema operacional?Como vi no tutorial,eu posso configurar minha internet mais tarde?

    • stellarium said

      As partições D: e E: são para a recuperação do sistema original. Se você pretende recuperar, mantenha-as como estão e divida a partição C: em duas para acomodar seu Ubuntu. Lembre-se de que qualquer recuperação apagará seu Ubuntu.

      • Jorge Silveira said

        Estou com 118 gb livres.Vou precisar diminuir a partição para o windows?

      • stellarium said

        O que, exatamente, significa o termo “livres”? São 118 GB da partição onde está o drive C: que estão livres, ou são 118 GB que não estão alocados em nenhuma partição que estão livres?
        Diminuir, ou não, a partição do Windows é uma escolha sua e depende do que você pretende fazer com o Ubuntu. Se é só pra testar, pode fazer sem particionar, usando o Wubi, que instala o Ubuntu em um “arquivão” na partição do Windows, que emula uma partição para o Ubuntu.
        Se você pretende usar para algo mais do que simplesmente conhecer o sistema, a melhor opção é diminuir a partição do Windows e, nesse espaço liberado, particionar uma área para ext4, para instalar seu Ubuntu.
        Há uma terceira possibilidade: se sua máquina permitir (se tiver memória e processador suficiente pra isso), instalar em uma máquina virtual.

        No caso de particionar, você precisa ter conhecimentos um pouco mais avançados do que a maioria dos usuários. No caso de usar o Wubi, é só rodar o instalador, como se faz com qualquer programa do Windows. No caso da máquina virtual, você vai precisar conhecer o software de virtualização que pretende usar.

        Abraço.

      • Jorge Silveira said

        Usei o gparted e aparece a partição D duas vezes,sendo uma extendida.Quando vou fazer a segunda partição do ubuntu,dá mensagem que existem 4 partições primárias,impedindo a sequencia.Pede para desabilitar a extendida.

      • stellarium said

        Boa tarde, Jorge.
        Obviamente, você não tem conhecimento técnico suficiente para fazer essa operação. Sugiro que aprenda mais sobre partições antes de continuar.
        Abraço.

      • Jorge Silveira said

        São 118 livres de 195 alocados.

    • jlsilveira said

      Como posso enviar as imagens do gparted?

  16. bom dia

  17. neldson said

    instalei o ubuntu 11 sem nenhum problema….a partição é onde para tudo…parabens!!

  18. felipe said

    primeiro parabens pela matéria segundo como instalar o modem huawei e173 no ubuntu 11.04

  19. Cara, tu me ajudou e muito… obrigado!

  20. Acylino Sanches Baptista said

    Olá Paulo.

    Parabens pela materia. Gostaria de tirar uma duvida com vc. Tenho um netbook acer aspire one nav 50 ao532h, e o win7 nao reconhece de jeito nenhum a webcam. vc teria o driver da web cam, ou poderia me passar, vc sabe se no ubuntu, reconhece automatico, a placa é chicony ali. nenhum dos drivers que tem no site da acer funciona. agradeço contato.obrigado

    • stellarium said

      Bom dia, Acylino.
      Obrigado pelo incentivo.
      Tenho um Acer desses que veio com Windows 7 e funcionava. Não tenho o driver porque assim que comprei, formatei o HD e instalei o Ubuntu. O Ubuntu reconheceu praticamente todo o hardware de primeira. Apenas o leitor de cartões não funcionava na versão 10.04, mas funciona na versão 11.04. Sugiro que você procure o driver pelo identificador fabricante/produto. Faça assim: faça o boot pelo pendrive com o Ubuntu, abra uma janela do terminal e digite o comando:

      lspci -nn

      Vai aparecer uma lista de dispositivos PCI. Veja se sua câmera está na lista. Se não estiver, digite o comando:

      lsusb

      Veja que cada hardware é identificado por um número [nnnn:mmmm], onde nnnn é o id do fabricante e mmmm é o id do produto. Procure o correspondente à sua câmera e faça uma pesquisa no google pelo driver desse produto.

      Abraço.

  21. Fábio Esteves said

    Olá, apesar de ser um tutorial para a versão 10.04, ajudou-me (muito) na instalação do meu Ubuntu 11.04, principalmente em se tratando das especificações das partições. Muito obrigado 🙂

    • stellarium said

      Eu que agradeço o depoimento, Fábio.
      Na verdade, esse tutorial serve pra qualquer Ubuntu, até agora, pois mudam apenas a sequências das telas e o “jeitão” delas. A essência da coisa permanece a mesma. ele serve, inclusive, para instalar outras distros, como Fedora ou Debian. Basta um pouco de bom senso.

      Abraço

  22. […] Passo-a-Passo (Almalivre) (Apesar de ser tutorial sobre a versão 10.04, ajudou-me muito quanto às especificações das partições) Passo-a-Passo 2 (Ubuntued) Download do Ubuntu (última versão) […]

  23. Opa ea de boa Paulo como vai? Gostei do seu tópico você está de parabéns sao pessoas como voce que compartilha o conhecimento e que inova e munda o mundo ta de parabéns belo post fiz aqui funfou tudo direitinho porém fiz com a verssao atualizada a verssão 11.04 Show de bola gostei de mais …

  24. Boa noite, amigos!
    Fiz um site fora do Brasil, digo isso, pelo fato de que eu achei um serviço de hospedagem gratuita no portal ucoz.net, e no entanto eu fico preso por não ter acesso ao código principal para poder inserir a meta tag, e melhorar minha situação, nas buscas. E por essa razão estou em busca de parceria para divulgação.
    Se tiver interesse por favor nos contacte.

    Desde já agradeço.

    Bonfim D’jesus

  25. Vinicius Leite Cesario said

    Ola Álvaro!

    Estou tentando instlar o ubunto no meu HP G42-240BR (NoteBook), porém no “meio” da instalação, ele fica em uma tela preta e trava tudo, não sei mais o que fazer, tirei meu windows 7 do note e o ubuntu não funciona, gravei a imagem ISO em DVD (não dvd de dados), baxei ele no site do Ubuntu mesmo, o que podera ser?

    Grato!

    • Vinicius Leite Cesario said

      Detalhe, eu baxei o Ubuntu 11.04 – Latest Version (Axo que foi o 64 Bits, não é certeza), eu fiz algo errado baixando esta versao? Estou baixando novamente a 10.04 LTS 32 Bits!

    • stellarium said

      Na verdade. meu nome é Paulo

      Dá ultima vez que isso aconteceu comigo era problema de memória defeituosa. mas também pode ser que a imagem que você baixou esteja com problema. Já experimentou conferir se o hash dela está correto?

      Abraço

  26. Benedito F. Oliveira said

    Eu tenho um netbook Asus Eee PC, um dos primeiros, com 512 MB de RAM, HD de 4Gb, BIOS Megatrends, Versão 1001, de 05/04/2008.
    É possível gerar um Ububtu para ele ?
    Obrigado.

    • stellarium said

      Sim, é. Sugiro que utilize a versão 10.04 LTS UNR (Ubuntu Netbook Release). A versão 10.04 LTS é mais antiga e estável, terá suporte até Abril de 2013 e não deve dar problemas na sua máquina.

      Abraço

  27. Tiago França Fernandes said

    Eu, pessoalmente há algum tempo, não gostava de Linux, exatamente pela mesma forma que muitas pessoas, não conhecia as qualidades inconfundíveis do mesmo.
    Eu comecei a gostar de Linux, quando fz um curso de informática, e meu professor deu uma aula exclusivamente sobre ele, eu, de verdade, odeio o Windows, cara, não suporto como a Microsoft usa ascoisas criadas pelos outros em benefício próprio,
    sem contar as fraglidades de todos os programas, aparelhos e tudo dela.
    Já amava Linux, então depois que eu conheci o BigLinux então, hã não quero outro Sistema,

    by, Tiago França

  28. vitor said

    posso so copiar o arquivo em .iso para o pendrive e colocar no desktop, vai dar certo?o programa unetbootin vai prejudicar o meu net, é windows original e não queria esculhabar?Resposta urgente

  29. jamilli said

    Olá. O Meu Ubuntu é o 10.10.. Fiz tudo conforme vc explicou no tutorial, mais na parte de instalar o vivo, ele nao aparece em aplicativos e internet. Porque será. tem como vc me ajuda???
    Aguardo sua resposta!!

    Jamilli

    BYE

    🙂

    • stellarium said

      Não sei te dizer o motivo, mas você pode colocar um atalho manualmente, apontando para o executável dentro da memória do modem. Para adicionar um atalho na Área de Trabalho, clique com o botão direito numa região vazia da Área de Trabalho, escolha a opção “Criar lançador…”, No campo “Nome”, escreva “Vivo”. No campo “Comando”, navegue até pendrive (acredito que o caminho seja /media/VIVO\ INTERNET/) e clique sobre o programa para Linux. Para adicionar o atalho no menu Aplicativos, vá em Sistema –> Preferências –> Menu Principal e inclua o atalho.

      Abraço.

      • jamilli said

        Sim sim. o atalho da vivo eu vejo na área de trabalho sim… Só que quando eu vou clicar nele abre a pasta com outras pastas dentro, não me da a opção de conectar na internet!!!…

      • stellarium said

        Jamili, no momento estou um bocado atarefado aqui. Mas você pode buscar ajuda no local mais apropriado para isso: a lista de usuários do Ubuntu-br http://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-br

        Lá tem várias pessoas que podem responder às suas perguntas você conseguirá respostas bem mais rápidas do que no blog, onde sou eu apenas pra responder.

        Abraço

    • jamilli said

      FIZ tudo certinho como vc mandou no tutorial… Mais nao deu certo… Poxa o cara da vivo disse pra eu instalar o Ruindows que resolve…. Eu disse pra ele que nao vou fazeer isso comigo pelo amor de Deus nao quero mais a bsota do ruindows…… Credo…

  30. adailton said

    entao cara consegui instalar o ubuntu no pendrive só que quando eu vou instalar o wubi em uma partiçao diferente do meu pc ele instala pelo windows mas na hora de iniciar pelo boot ele da opçao e tals mas eu seleciono inicilizar ele faz uma contagem decrescente para começar a iniciar mais nao vai fica um underline piscando como se estivesse esperando um comando para iniciar. clicko enter e nada e tem uma opçao de press esc to exit quando aperta esc ele digita uns caracter estranho e nao sai sera que é configuraçao da bios?

    no momento eu estou utilizando o windows7.

  31. adailton said

    em primeiro lugar quero agradecer a voce pois me respondeu e esclareceu muita coisa.

    voce me disse porque a pegunta? a pergunta é porque ja usei o windows xp live usb e nao dava para instalar nada como driver de som e video porque ele é travado na unidade x: program i3891 e os drives sao travados na unidade c:/arquivos de programa entao dava erro de diretório.

    tenho um pendrive de 16gb e quero testar o ubuntu ja que minha gravadora queimou e eu to com preguiça de descer até o centro pra compra uma nova.

    e outra estou trabalhando em websockets com php e o windows ta uma ***** ele nao deixa o browser fazer conexao com servidor, e segundo os dados que tenho o ubuntu 10.04 esta apto para phpwebsocket.

    estou com uma imensa dificuldade eu abaixei o ubuntu 10.04 do site oficial duas vezes e me veio um .exe chama wubi de seicentos e poucos megas, agora abaixei desse linkin um iso ja criado http://www.comunidade-linuxnarede.eti.br/modules/PDdownloads/singlefile.php?cid=1&lid=295

    mas quando vou dar boot pelo bios aparece o logo do ubuntu com varias opçoes de inicializar pelo usb, gravar no pc ou testar a ram, mas se eu coloco inicializar pelo usb nao vai fica parado eu criei o boot pelo ubuntu live usb imager.

    se voce postar ai pra gente o iso que voce usa prontinho eu agradeço ^^.

    • stellarium said

      Bom dia, Adailton.

      Eu perguntei o que você quis dizer com “ele fica como unidade c:?”.

      Ok, Vamos ver se consigo responder a tudo:
      Se você tem o XP e não tem gravador de CD/DVD, e precisa de um Ubuntu que Guarde arquivos e alterações, você pode fazer de duas formas.
      A mais simples: Instale o Ubuntu dentro do Windows através do Wubi. Ele vai criar um arquivão grande dentro da sua partição NTFS do Windows e instalará o Ubuntu dentro desse arquivo, simulando uma partição Linux. A opção de escolha do sistema operacional será mostrada no boot da máquina.
      A mais complicada: Como você não tem o Ubuntu instalado ainda, você poderia usar o Unetbootin para criar um pendrive inicializável (esse não vai guardar suas alterações). Com ele, você instala o Ubuntu na máquina. Mas, se realmente quer um pendrive que guarde as alterações, vai precisar dar o boot pelo Ubuntu (seja pelo CD, pelo HD, ou por um segundo pendrive), montar a partição Windows onde está o arquivo ISO com a imagem do Live CD, e usar o programa localizado em Sistema > Administração > Criador de discos de inicialização. O pendrive gerado por esse programa permite guardar as alterações e você escolhe o espaço destinado aos dados do usuário.
      A mais complicada ainda: Instale o Ubuntu, faça as alterações e instale os programas que precisar, gere uma ISO com o Remastersys, e grave essa ISO no pendrive, através do Criador de discos de inicialização.

      O motivos pelos quais o seu pendrive pode não estar inicializando podem ser vários. Procure baixar imagens ISO apenas dos sites oficiais. A ISO do Ubuntu 10.10 está em http://www.ubuntu-br.org/download. Eu sugiro fortemente que você baixe via torrent, porque o torrent tem verificação e correção de erros. Imagens baixadas via download direto devem ser verificadas através dos hashs. Instruções para isso você pode ler em http://wiki.ubuntu-br.org/ConferindoMd5. Os hashes para o 10.04 e anteriores pode ser visto em http://wiki.ubuntu-br.org/UbuntuHashes. Para o 10.10 e anteriores você consegue em https://help.ubuntu.com/community/UbuntuHashes.

      O Unetbootin também costuma ser meio “sensível” e avacalhar as gravações. Já precisei refazer a gravação até três ou quatro vezes até conseguir uma que funcionasse. Não sei se isso já foi corrigido nas versões mais recentes.

      Finalmente, uma causa para o seu pendrive não inicializar corretamente pode ser seu hardware. Placas de vídeo ou rede não suportadas totalmente podem travar a inicialização. Sugiro que teste seu pendrive em outra máquina para ter certeza. Caso ele funcione, verifique a opção “Outras Opções de boot” (ou coisa parecida) e escolha “inicialização segura” (ou coisa parecida) no menu de opções.

      Se precisar de ajuda para instalar via Wubi, posso fazer isso remotamente pra você.

      Abraço.

  32. adailton said

    a pergunta é a sguinte o ubuntu live usb roda um servidor apache? pode fazer download de drive e instalar nele? ele fica como unidade c:?

    • stellarium said

      Resposta 1: Sim, mas é melhor você instalar o sistema em algum lugar, instalar os pacotes que precisa e utilizar a opção Remastersys Backup do menu Sistema > Administração para gerar a imagem ISO com as opções alteradas. Essa imagem você pode gravar no Pendrive. Detalhe: o Unetbootin *NÃO* permite alterações persistentes do sistema. Isso significa que se vc desligar, todas as alterações feitas desde a última inicialização serão perdidas.
      Resposta 2: Sim. Resalvando-se o que expliquei acima sobre o Unetbootin.
      Resposta3: No Linux não existe “Unidade c:”. Existe o dispositivo SDx (onde x pode ser A, B, C, D, etc.) que é assinalado ao pendrive quando você o conecta à porta USB. O que você quer dizer com a pergunta?

      Abraço.

  33. Elivelton Halck said

    Um neteboolk com 1 de ram e 160 de hd conseque rodar o Linus educacional e ubunto?
    o linus educacional vem nele pois foi a minha escola que disponibilizou por meio de um programa do governo( Acre) de meu estado.
    agradeço a sua resposta.

    • stellarium said

      Sim, roda sem problemas. mas seria bom saber de qual netbook você está falando (fabricante, modelo), para poder te dizer categoricamente “sim”, “não” ou “talvez”.

      Abraço

      • Elivelton Halck said

        processador Atom N450 da Intel de até 1 GB de RAM
        HD de 160
        A tela é de LCD com 10 polegadas, com web cam e wi-fi. A marca é Positivo.

      • stellarium said

        Elivelton, tudo vai depender do chipsets que a máquina usa. Wireless funciona no Linux? Sim, mas tem marcas e modelos de alguns fabricantes que não funcionam, ou precisam ser instaladas e configuradas “na raça”. Por isso, não adianta você dizer que tem webcam e wi-fi. Se não informar quais os fabricantes e modelos dos dispositivos, não tenho como te dizer se vai funcionar 100%. Eu arrisco a dizer o seguinte: Alguns modelos da positivo funcionam bem, mesmo porque já vi alguns com Mandriva instalado de fábrica. Mas já vi pessoas dizendo que tiveram dificuldades com alguns modelos de notebooks. O mesmo fabricante e pessoas com experiências diferentes do funcionamento dos dispositivos no Linux, compreende?

        Abraço.

  34. José Marcos said

    Meu netbolk com 160 de hd vem com o linux educacional como eu nao quero apagar ele e nem perder qualquer arquivo + eu prefiro o ubunto eu analizei a pergunta anterior e vc poderia me indicar qual programa desfragmenta e particiona o hd sem nenhum risco de perder os arquivos e principalmente o sistema.

  35. Lucas said

    É possivel eu criar uma participação para instalar o Ubunto sem apagar qualquer arquivo do Hd que ja tem instalado o windons servem de fabrica?

    • stellarium said

      Sim, desde que tenha uns 15 ou 20 GB de espaço sobrando no HD e faça a desfragmentação do disco antes de particionar seu HD.

      Abraço

  36. […] mensagens Ubuntu 10.04 – Instalação passo a passo via pendrive.Usando o Unetbootin para criar um Pendrive inicializável.Melhorando a conexão 3G: antena […]

  37. Ivo Eduardo said

    Oi, Álvaro!

    Muito bom o artigo.

    Tenho duas observações:

    – Poderias ter criado o pendrive pelo Ubuntu mesmo, sem usar o unetbootin;

    – No meu Acer One (modelo ZG5, mais antigo) com Ubuntu 10.04, ainda é necessário ligar o netbook com um cartão SD inserido, para que o leitor funcione. Experimentaste isso?

    Abraço,

    Ivo Eduardo

    • stellarium said

      Boa tarde, Ivo.
      Sim, é verdade. No entanto, esse recurso está disponível apenas para o Ubuntu. No artigo quis incentivar quem tem outro sistema a testar o Ubuntu. Para isso, a maneira mais fácil que encontrei, é o Unetbootin que funciona da mesma forma em outras distribuições Linux e em Windows.

      Abraço

  38. Alvaro Junior said

    Olá Paulo
    Efetuei a instalação do ubuntu remix 10.04 em um netbook Acer eMachines, fiz os mesmos testes do tutorial e tudo ok.
    Mas ao instalar o Skype estou tendo um pequeno problema com o microfone interno – não está funcionando, mas no programa gravador de som – Aplicativos>Mutimídia>Gravador de som – o microfone interno funciona perfeitamente.
    Efetuando outro teste com um microfone externo, também funcionou perfeitamente, não somente com o Skype como também com o Gravador de som.
    O que será que está acontecendo? Falta alguma biblioteca?

    • stellarium said

      Bom dia, Álvaro.
      Sim, isso é um problema conhecido para o qual também ainda não encontrei uma resposta. Como o problema ocorre apenas com o Skype, e eu o utilizo muito pouco, além do que ele funciona com o mic externo (aquele que se pluga no conector rosa), ainda não tive motivação suficiente pra buscar uma resposta. Eu sugiro que você poste uma pergunta na lista de discussão do Ubuntu-BR (https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-br), se precisar de uma solução mais rápida. Uma coisa que o pessoal de lá me sugeriu fazer foi trocar a fonte de entrada de som (deveria ter mic1 e mic2), mas no meu Acer só aparece o mic1 que é o mic externo.

      E já vou avisando que, se for o mesmo modelo que o meu (NAV50), o leitor de cartões SD também não vai funcionar. Mas, como eu uso leitores de cartão pela USB, o problema também não me incomodou.

      Abraço.

  39. Olá Paulo!
    Me da um help?
    Estou usando o Ubuntu 10.04 no meu desktop e quero instalar no netbook. Gerei um (na verdade varias vezes) pendrive de instalação a partir da imagem do Ubuntu 10.04 para netbook, configurei o boot do netbook e ele abriu a tela preta do Ubuntu onde se escolhe se quer e sem instalar, instalar, etc… mas ele não aceita nenhuma opção ali, a não ser iniciar pelo 1º disco rígido. Como é o próprio pen o 1º disco rigido (segundo a configuração do boot), ele retorna para a tela preta do Ubuntu. E segue não aceitando nenhuma opção, de experimentar, instalar, etc. O mais estranho é que testei da mesma forma em um outro notebook e tive resultado idêntico.
    Tens alguma dica para resolver esse problema?
    Obrihado!!

    • stellarium said

      Olá, João Pedro.
      Tá, você gerou vários pendrives com a mesma imagem, ou você baixou novamente a imagem para gerar outros pendrives? A causa mais provável é que a imagem que você baixou esteja corrompida. Sugiro que você a baixe via torrent, ou, se optar pelo download direto, lembre-se de conferir o hash do arquivo (tá tudo explicadinho na página de download do Ubuntu). Qualquer coisa me dá um grito.

      Abraço.

  40. Thiago Chaves said

    Olá Paulo,

    Sou novo no mundo Linux e gostaria de saber como posso conseguir essa edição dessa revista, pois procurei sobre a melhor forma de particionar meu HD, e sempre vejo divergência nas respostas dos usuários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: