O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Google troca Windows por Linux e Mac nas estações de trabalho de seus funcionários

Posted by Paulo em 01/06/2010

Tradução do artigo original de Steven J. Vaughan-Nichols, da Computer World disponível em: http://blogs.computerworld.com/16232/good_bye_windows_hello_linux_mac_says_google

June 1, 2010 – 6:02 P.M.

Good-Bye Windows, Hello Linux, Mac’ says Google

Como todo mundo que acompanha as notícias de tecnologia sabe, o Financial Times informou que o Google “está encerrando o uso interno do omnipresente sistema operacional Microsoft Windows devido a preocupações com a segurança.” Alguns duvidam dessa história porque ela é vagas a respeito das fontes. Bom, eu perguntei, e a história é verdadeira na sua maior parte. O Google está traocando o Windows pelo Linux e por Macs, mas não por causa da segurança.

Eu mandei um e-mail para o Google e, de acordo com uma fonte oficial, “Estamos sempre trabalhando para melhorar a eficiência do nosso negócio, mas não vamos comentar questões operacionais específicas.” A declaração não diz muito, mas você notou a palavrinha chave? “Eficiência.”

Então, peguei o telefone, mensageiro instantâneo e e-mail e contatei meus amigos no Google, e eles me disseram, extra-oficialmente, exatamente o que os empregados do Google disseram ao Financial Times: “Muitas pessoas foram migradas dos PCs com Windows, a maioria para os Mac OS, logo após os ataques da China.” Mas, seguindo aquela palavrinha “eficiência”, também me disseram que o Linux é muito mais barato do que o Windows e que muitos usuários do Google preferiram a ele, de qualquer modo, no lugar do Windows. Enquanto muitos outros acharam que os Macs são mais úteis do que os PCs com Windows.

Os usuários internos do Google têm “sabores”diferentes de Linux. O Ubuntu era bem popular, mas que surpresa! — O Google’ também tem Android, Fedora, openSUSE, e o recente lançamento, o MeeGo. Quanto aos usuários de Macs, eu tive a impressão de que podem haver mais usuários do MacBook Pro no Google do que na Apple.

Os usuários de Linux o preferiram devido aos motivos usuais: Ele é mais rápido, mais seguro e mais estável do que o Windows. Além disso, ele faz tudo o que é necessário para eles. Como você pode adivinhar, o Chrome é a escolha dos usuários de Linux para o navegador de Internet, e muitos deles utilizam os aplicativos SaaS (Software como Serviço) do Google, como o Google Docs. Um deles me disse: “Por que eu deveria perder meu tempo com o Windows e todo aquele lixo dolorido, quando posso fazer tudo o que preciso com o Chrome no Ubuntu?” Os usuários de Macs, por sua vez, soaram mais como gente que gosta de Macs. Eles preferiram sua interface e aplicativos ao invés daquelas presentes tanto no Linux, quanto no Windows.

Agora, alguns analistas dizem que a mudança do Google para o Linux não diz respeito à segurança. Ao invés disso, seria por causa do próprio posicionamento do Google na batalha contra a Microsoft e o Windows. Estou convencido de que é isso também, mas as afirmações de que o Windows é seguro e um total contrasenso. O Windows é inseguro por design. Sempre foi e sempre será. Fingir que as falhas de segurança do Windows não são importantes para as empresas da lista das 500 mais da Fortune é uma bobagem total.

Será que esse tolos esqueceram que a China atacou o Google e várias outras grandes empresas a p[oucos meses atrás? Vocês acham que ficar com um sistema operacional que tem tantos buracos que parece mais uma rede de pesca faz sentido? Eu não acho! É como um dos empregados me disse: “Eu não vou ser o próximo cara a prejudicar a empresa por causa do Windows.”

Obviamente, o Mac OS X também tem seus problemas de segurança, mas na prática, ele ainda é bem menos inseguro do que o Windows. Quanto ao Linux, é mais seguro do que qualquer um dos dois, e sempre foi muito mais resistente a ataques do que os outros.

Também tem havido bastante murmurinho dizendo que os usuários do Google, na verdade, não podem sair do Windows porque dependem dele. Hã… o que os fazem pensar que só porque os soldados rasos estão migrando para outros sistemas operacionais, os desenvolvedores não continuariam usando máquinas com Windows? Eu devo parecer ser o cara mais pró-Linux no desktop do planeta, e eu uso PCs com Windows o tempo todo para revisões. É claro que o Google ainda utilizará o Windows para desenvolvimento e testes.

Tenho certeza de que existem alguns aplicativos especiais que não existem no Linux e nos Macs, e que ainda rodarão em Windows. Mas, honestamente, que trabalho do dia-a-dia não podem ser executados nos Linux e Macs hoje em dia? Tem algum? Eu posso ficar dias sem ter a “necessidade” de tocar em meus PCs com Windows.

Meu amigo Jason Perlow, que também usa vários sistemas operacionais, descobriu que pode fazer 80% das suas necessidades computacionais sem o Windows e para os 20% restantes, ele usa máquinas virtuais com Windows no Linux. Funciona para mim e, provavelmente, funcionará para o Google também.

O ponto principal é que o Google quer ser mais seguro e mais eficiente. para fazê-lo, faz muito sentido para eles abandonar o Windows pelo Linux e pelo Mac OS X. Pense só: também faz muito sentido para a maioria das empresas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: