O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

O Fim do Windows XP SP2

Posted by Paulo em 01/07/2010

Artigo original em: http://idgnow.uol.com.br/computacao_corporativa/2010/06/30/fim-do-windows-xp-sp2-nao-sera-o-fim-do-mundo-para-quem-se-preparar/

Fim do Windows XP SP2 não será o fim do mundo. Para quem se preparar.

Por Bill Brenner, da CSO/EUA
Publicada em 30 de junho de 2010 às 08h00

Os dias do sistema estão contados, diz a Microsoft; se o Windows 7 ainda estiver distante, o pacote SP3 poderá atenuar a dor da migração.

Esta é uma carta aberta para quem está intranquilo com a iminente aposentadoria do Windows XP SP2.

Entusiastas do Windows XP SP2, este é um momento muito difícil para vocês.

A Microsoft, ávida por fazer de todos nós usuários do Windows 7, anunciou que os dias do XP SP2 estão contados – pelo menos em termos de suporte e atualizações de segurança.

Mudanças são difíceis, e esta aqui não será diferente. A Microsoft vai parar de dar suporte ao Windows XP SP2 depois de 13 de julho. Isso significa que não haverá mais atualizações de segurança na Patch Tuesday. Pode-se atenuar essa perda com a instalação do Windows XP SP3, que terá suporte até abril de 2014. Mas isso não torna as coisas mais fáceis: ele ainda é uma grande atualização, e grandes atualizações vêm recheadas de problemas. É um fato da vida.

Leia a matéria completa em: http://idgnow.uol.com.br/computacao_corporativa/2010/06/30/fim-do-windows-xp-sp2-nao-sera-o-fim-do-mundo-para-quem-se-preparar/

É bom que se entenda que, quando o autor diz “A Microsoft, ávida por fazer de todos nós usuários do Windows 7…“, significa: “A Microsoft, ávida por fazer com que todos comprem o Windows 7…“. Quando ele diz “…anunciou que os dias do XP SP2 estão contados – pelo menos em termos de suporte e atualizações de segurança“, significa: “…o que era ruim em termos de segurança, agora vai ficar pior“.

Saia dessa! Use Linux!

4 Respostas to “O Fim do Windows XP SP2”

  1. O windows xp foi um belo sistema, ja mais teremos novamente a estabilida o padrão e a qualidade este sistema , mas espero que pelo menos a microssoft envete um novo padrão de qualidade, pelo que eu tô vendo nehum mais ta dando certo, a unica que esta se aproveitando disto é a google e a teoria do codigo aberto.

  2. Luiz said

    Linux naum presta. É pra nerds. Trocentos em grana com livros estudando… já pagou o software da maicrosofre. Esperamos por um computador mais justo e democratico: Para todos! Num temos aqui gente capaz pra desenvolver um “Brazasoft” com computador totalmente nacional, feito com componentes nacionais… gerando muitos empregos? Somos CAPAZES, unamo-nos Pois!
    Abraços…

    • stellarium said

      Colega, a julgar pelo português e pela sua opinião, me desculpe mas imagino que você nem tenha ideia do que está falando…
      Mas vamos tentar entender:
      “Linux naum presta. É pra nerds. Trocentos em grana com livros estudando… já pagou o software da maicrosofre.” – A palavra “naum”, não existe no português. O correto é “não”. Respondendo à sua crítica: dizer, simplesmente “não presta” é opinião, não conhecimento de causa. E como diziam os antigos filósofos, “opinião, não é nada mais do que a medida da nossa ignorância.” Não existe software mais democrático e justo do que o software livre, categoria na qual o Linux se insere. Pessoalmente, eu nunca fiz um único curso de informática. Tudo o que aprendi foi fazendo. Posso até ser o que muitos consideram “nerd”, mas qual o problema disso? A música já diz: “O nerd de hoje é o cara rico de amanhã.” Além disso. O que aprendi de Linux em 1998 vale até hoje. Vai perguntar se o que alguém aprendeu de Windows 98, num cursinho de informática, ainda vale hoje…

      “Esperamos por um computador mais justo e democratico: Para todos!” – A palavra correta é “democrático”, com acento agudo no “a”. Vamos continuar esperando por isso se pessoas como você continuarem com essa mentalidade infantil. Você nem sabe como o software livre é desenvolvido e por quem, mas acha que tem conhecimento suficiente pra dar pitaco.

      “Num temos aqui gente capaz pra desenvolver um “Brazasoft” com computador totalmente nacional, feito com componentes nacionais… gerando muitos empregos? Somos CAPAZES, unamo-nos Pois!” – Pois é… Caso você não saiba, o Brasil é um dos países que mais desenvolve software livre e um dos que mais divulga e dissemina plataformas livres. Isso vem de pessoas altamente capacitadas e que dedicam tempo, esforço e conhecimento, muitas vezes voluntariamente, para que pessoas como você tenham acesso a esse tal “computador democrático”, do qual você fala. Agora me diga: A sua ideia de “computador democrático” inclui o Windows? Já pensou em convencer a M$ a liberar seu S.O. para que possamos fazer esse tal “computador democrático”? Meu amigo, eu sugiro que você ainda estude muito e aprenda como o mundo funciona, antes de dar opinião sobre o que não conhece.

      “Abraços…”

      Tenha um ótimo dia.

  3. Miguel said

    Me uno a las felicitaciones, la verdad que me parece que el contenido es bastante …. Es muy interesante tu blog.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: