O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Como se livrar dos cookies zumbis do flash

Posted by Paulo em 27/08/2010

A maioria das pessoas vai passar batido por esse post. Afinal de contas, o que os olhos não veem, não é problema deles, enquanto não doer no bolso. Assim como vírus, espionagem de dados, entre outras coisas que as pessoas estão diariamente expostas, uma me chama a atenção porque não é privilégio de quem ainda usa um dos sistemas “queijo suíço” da Microsoft. Não se trata de um vírus, mas de uma característica da tecnologia flash que permite que sites monitorem as atividades dos visitantes independente do sistema operacional utilizado, desde que tenha o flash plugin instalado.

Uma reportagem do IDG Now! explica o problema: http://idgnow.uol.com.br/seguranca/2010/08/25/cuidado-vem-ai-o-ataque-dos-cookies-zumbis-do-flash/

Intrigado com a questão, resolvi pesquisar como evitar que essa questão fosse prejudicial a usuários de Linux e descobri esse tutorial: http://www.theinquirer.net/inquirer/news/1725591/banish-flash-cookies-forever-linux

O artigo diz, entre outras coisas:

USUÁRIOS DE LINUX podem banir definitivamente os cookies do Flash Player da Adobe, o que pode ser uma boa ideia, porque, como é um cookie do plugin do Flash, ele não respeita as configurações de privacidade do navegador.

Eu li o artigo e vi que ele faz todo o processo através de comandos do terminal, o que não é exatamente um método apropriado para os inciantes. Então resolvi fazer a mesma coisa, mas utilizando o modo gráfico. Vamos lá:

Para fazer a localização dos arquivos, você pode usar o localizador de arquivos do Gnome:

Pesquise com as opções abaixo por arquivos “*.sol”:

Abra sua pasta de usuário:

Configure o Nautilus para mostrar as pastas e arquivos ocultos (os nomes deles começam com um ponto):

Localize a pasta “.macromedia”:

Crie uma pasta na sua pasta de usuário com o nome de “.macromedia.sav”:

Mova o conteúdo da pasta “.macromedia” para a pasta “.macromedia.sav”:

Apague a pasta “.macromedia”:

Abra o editor de textos Gedit:

Digite as seguintes linhas no editor. Não esqueça de pressionar a tecla Enter no final da última linha:

Salve o arquivo:

Agora abra as propriedades do arquivo e configure as permissões de execução:

Clique no botão “Fechar” e rode o seu script dando um duplo clique nele. Responda à pergunta do sistema clicando em “Executar em terminal”:

Verifique que o seu script criou um atalho na sua pasta pessoal que redireciona qualquer entrada para “.macromedia” para o dispositivo “/dev/null”.

Se o atalho foi criado, significa que todo cookie que o plugin do flash tentar gravar na pasta “.macromedia” será ignorado pelo sistema. Assim você pode ficar tranquilo quanto a esse método de espionagem.

Agora, se você ainda acha que tudo isso aí em cima é complicado, copie o texto abaixo dentro do gedit, salve o arquivo e dê permissões de execução nele. Rode o script e todo o procedimento será feito automaticamente.

#! /bin/bash
cd ~
mkdir ./.macromedia.sav
cd .macromedia
cp -R * ~/.macromedia.sav
cd ..
rm -fr .macromedia
ln -s /dev/null ./.macromedia

Anúncios

5 Respostas to “Como se livrar dos cookies zumbis do flash”

  1. @@@ said

    Bom tópico dificil achar conteudo em pt sobre esses assuntos, sugiro q faça um sobre evercookie e extençoes do firefox q barram esse lixos de cookies redes de anonimatos como tor e dns externa privacidade é um desafio e é tudo.
    http://www.evercookiekiller.com/

  2. Abel said

    O mais interessante no tutorial é que você mostra duas maneira de se fazer (o modo gráfico e com o uso do terminal). E aí que vemos como vale a pena aprender a usar o terminal. Em poucos comandos está pronto. E para quem não quer aprender, só usar (o que eu não considero ideal, mas sabemos que é a realidade de um usuário comum) basta copiar e colar.

    • stellarium said

      Boa tarde, Abel.
      Minha intensão sempre é fazer a coisa da maneira mais fácil para quem não conhece o sistema a fundo. Se, nesse interim, eu puder ensinar um pouco mais sobre o sistema, com certeza vou fazer.

      Abraço

  3. Fabio said

    Muito bom bem didatico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: