O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

No futuro, Ubuntu terá atualizações de versão diariamente, diz Shuttleworth

Posted by Paulo em 24/11/2010

Tradução do original em Inglês disponível em: http://www.theregister.co.uk/2010/11/23/darily_ubuntu_updates/

Meerkats Saltitantes! Ubuntu terá downloads de atualizações diárias?

Por Gavin Clarke in San Francisco, Publicado em 23 de Novembro de 2010 às 20:26 GMT

O Ubuntu está se afastando do seu ciclo, estabelecido em seis meses, e  potencialmente indo para um futuro onde as atualizações de software serão diárias. O fundador do Ubuntu, Mark Shuttleworth, disse recentemente à imprensa que uma mudança em direção a atualizações diárias ajudaria a popular distribuição de Linux a manter o ritmo com um software cada vez mais complexo, e o ecossistema da plataforma Ubuntu irá para mais dispositivos e se sincronizará com o Android e iPhones. A Central de Programas – com quase um ano de idade – está liderando essas mudanças, e Shuttleworth prometeu que isso “continuará, e de maneira mais rápida do que as pessoas poderiam prever no passado.”

“Hoje, temos um ciclo de versões de seis meses,” disse Shuttleworth. “Em um mundo orientado pela Internet, precisamos ser capazes de liberar algo todos os dias.”

“É uma área onde colocaremos muito do nosso trabalho nos próximos cinco anos. Os pequenos passos que colocamos dentro da Central de Programas hoje, irão além e de maneira mais profunda do que as pessoas previram no passado.”

O Ubuntu tem um sólido ciclo de versões de seis meses desde o Edgy Eft, versão 6.10, de Outubro de 2006, que abriu o caminho para o Feisty Fawn, 7.04, no ano seguinte. Não é só o Ubuntu que é atualizado a cada seis meses, mas também os módulos e o código em outras áreas do mundo do código aberto que fazem parte do Ubuntu. Uma nova versão do Ubuntu terá, digamos, a última versão do Firefox e do OpenOffice incluídas, ou novos pacotes que colocam o Ubuntu em uma direção diferente, como quando o Ubuntu 10.10 trocou o editor de fotos F-Shot pelo Shotwell.

Parece que Shuttleworth está falando de um futuro onde as atualizações do código da Canonical no Ubuntu, outras características do Ubuntu e os programas que você comprou ou baixou da Internet de graça, serão atualizados em suas versões assim que estejam disponíveis, ao invés de esperar pela liberação semestral.

Atualizações também serão feitas em novos dispositivos uma vez que o Ubuntu seja instalados por outras empresas, como netbooks ou em sistemas automotivos, e os fabricantes desses sistemas liberem um código novo. A questão principal será o quanto o Ubuntu será largamente adotado em outros dispositivos além dos tradicionais laptop e desktop, de acordo com Shuttleworth.

A Central de Programas foi introduzida há apenas um ano no Ubuntu 9.10 como um gerenciador de pacotes gráfico com o objetivo de ser mais simples e fácil de usar para os novatos em Linux do que as ferramentas até então existentes no GNOME. A Central de Programas deu um passo bem na direção da visão de Shuttleworth para o Ubuntu 10.10 no mês passado, quando incluiu a capacidade de comprar software proprietário para seu Ubuntu, através de servidores na rede. ®

Tradução do original em Inglês disponível em http://ostatic.com/blog/ubuntu-to-become-a-rolling-release

Ubuntu Terá Atualizações Diárias

por Susan Linton – 23 de Novembro de 2010

Mark Shuttleworth disse, recentemente, a jornalistas que o Ubuntu mudará sua agenda de atualizações de seis meses para atualizações diárias. Um passo dessa natureza ajudará o Ubuntu a se manter em dia com as rápidas mudanças, com um software cada vez mais complexo e com outras opções de hardware. Isso é especialmente verdadeiro, uma vez que o Ubuntu pode ser encontrado e cada vez mais dispositivos móveis, como smartphones. Shuttleworth disse que mais serviços e software estarão disponíveis e estarão conectados com a Central de Programas do Ubuntu que terá um crescimento rápido nos próximos anos. Ele explicou que, “Em um mundo orientado pela Internet, precisamos ser capazes de liberar algo todos os dias.” A principal vantagem do Ubuntu seria a possibilidade de manter o entusiasmo das pessoas em alta durante o que se considera como ciclos de desenvolvimento, quando os maiores Websites e publicações se concentram em outras distribuições e outros assuntos. Para os usuários, uma espera menor por atualizações de aplicações, importantes ou não, assim como a oportunidade de acabar com o ciclo reinstalações a cada seis meses ou o risco de um ciclo de atualização. Mais importante, fabricantes de sistemas embarcados que utilizam o Ubuntu poderão atualizar seus sistemas regularmente e isso ajudará a Canonical a atender a esses serviços.

Uma mudança dessa natureza seria, essencialmente, uma alteraria toda a filosofia e os procedimentos à medida que o Ubuntu comece a ter atualizações constantes. Isso significa um pouco mais de trabalho para os desenvolvedores, que precisam ter certeza de que os pacotes estejam prontos para os usuários com mais frequência. Além disso, o Ubuntu ainda teria de liberar ISOs atualizadas periodicamente, para aqueles que precisam de uma instalação nova do zero.

Mas, pesando os prós e os contras, isso significa mais valor para os usuários e parceiros do Ubuntu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: