O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Posts Tagged ‘Open Document Format’

Como a Microsoft manipula governos para atingir seus interesses corporativos

Posted by Paulo em 09/09/2011

Logo used by Wikileaks

Esclarecedor artigo de Jomar Silva, um dos representantes brasileiros no OASIS, sobre as revelações do Wikileaks a respeito das manobras da empresa para evitar que a ABNT adotasse o padrão ODF como norma para um padrão aberto de documentos.

Artigo original disponível em http://homembit.com/2011/09/sobre-o-ataque-da-microsoft-a-soberania-nacional-wikileaks-microsoft-odf-e-openxml.html

Há alguns dias fomos todos surpreendidos com um documento encontrado no CableGate, trocado entre a embaixada norte americana no Brasil e o Governo Norte Americano em 2007. De acordo com este documento, a Microsoft fazia gravíssimas acusações contra o governo brasileiro, e apesar de ter se feito de ‘tolinha’ pelo relato da reunião, pedia indiretamente uma intervenção do Governo Norte Americano para frear o avanço do ODF no Brasil, conseguir o apoio brasileiro para a aprovação do OpenXML na ISO, frear a parceria entre o comitê técnico brasileiro e demais comitês internacionais que discutiam o padrão, reduzir a influência do Brasil no debate internacional sobre o OpenXML, além de acusar o Ministério das Relações Exteriores e a Casa Civil de estarem executando uma campanha anti-americana. Pior do que isso, insinuam ainda que o ODF é um padrão anti-americano !

Eu estava envolvido até o pescoço com tudo isso naquela época e tenho aqui todos os detalhes de bastidores que causaram esta reunião entre a Microsoft e o Embaixador Americano e posso afirmar categoricamente: Foi SIM um pedido velado de intervenção.

Continue lendo »

Posted in Aplicativos, BrOffice, Conhecimento Livre, cultura hacker, Cultura Livre, Desenvolvimento colaborativo, iniciante em Linux, Legislação, LibreOffice, Microsoft, OASIS, ODF, Política, Software, Software Livre, Wikileaks | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Como andam o ODF e o OpenXML?

Posted by Paulo em 01/12/2010

Artigo original de César Taurion disponível em https://www.ibm.com/developerworks/mydeveloperworks/blogs/ctaurion/entry/status_atual_do_odf_e_openxml?lang=en

Status atual do ODF e OpenXML

Outro dia, almoçava com um amigo que me perguntou:- Como vão as coisas com o ODF aqui no Brasil? Parece que estão meio paradas…

Realmente, o assunto “padrão aberto de documentos” saiu do noticiário da mídia especializada, embora continue muito importante.

A cada dia, geramos mais e mais documentos eletrônicos. Provavelmente, nos próximos cinco anos geraremos tantos documentos digitais quantos foram gerados nos últimos 25 ou 30 anos. Adotar um padrão aberto para documentos é essencial para governos. Governos precisam compartilhar informações entre os seus diversos órgãos sem ter que se preocupar com incompatibilidades entre os formatos de documentos. Os governos tem que garantir a integridade e perpetuidade dos seus documentos, que são a memória da nação, mesmo após o software que o criou ter desaparecido do mercado. Documentos podem existir por dezenas ou centenas de anos. O mesmo não deverá acontecer com os softwares que compõem uma suíte de escritório. A adoção de um padrão aberto, baseado em XML, garante que mesmo sem o software original, o documento continuará sendo acessado. Além disso, os governos também tem que garantir que uma informação pública seja acessada por qualquer produto de software, sem impor aos cidadãos a obrigatoriedade de uso de um determinado software.

Mas o que é um padrão aberto? É um padrão independente de fornecedor (não pode ser controlado por nenhuma empresa ou pessoa), publicado de forma aberta, sem restrições de licenciamento e pagamentos de royalties, não aprisionando o usuário a uma única plataforma.

Um padrão aberto é fundamental para o nosso mundo globalizado e interligado. Os países, empresas e os cidadãos interoperam uns com os outros e, para que esta interoperabilidade aconteça. é absolutamente necessário que todos estejam de acordo com a forma desta interoperabilidade ocorrer. Ou seja, quanto mais padronizados forem os mecanismos de interoperabilidade, menos esforço vai demandar para criarmos interfaces de interoperação e mais rápida e ágil ocorrerá a comunicação. Simples assim. Aliás, sem padrões abertos simplesmente não teríamos a Internet!

Padrões abertos tornam possível que quaisquer empresas, cidadãos e países se plugem no mundo globalizado. Com padrões abertos, produtores podem colaborar e cooperar nos interfaces e inovar e competir em outras funcionalidades. Por outro lado, padrões proprietários criam barreiras econômicas, pois exigindo pagamento de royalties (e muitas vezes um padrão proprietário embute diversas tecnologias patenteadas, com royalties acumulados), encarecem os produtos e dificultam a competitividade.

Neste contexto, muitos governos já adotaram ou estão em via de adotar o ODF (Open Document Format) como seu padrão aberto de documentos. Mas ainda vemos muita confusão e desinformação sobre esta questão, principalmente pelo surgimento de um padrão alternativo, o OpenXML, proposto pela Microsoft.

Este padrão foi proposto inicialmente como uma forma de preservar o espaço criado pelos formatos proprietários da suite Office, diante das demandas dos governos por padrões abertos, que começavam a voltar sua atenção ao ODF. Para tornar o OpenXML aberto, seria fundamental que ele fosse aceito pela ISO (Organização Internacional de Padrões). Depois de muitos debates e discussões, cujo histórico pode ser visto na coletânea de posts sobre o assunto em http://www.smashwords.com/books/view/2969, a Microsoft concordou em criar duas classes de conformidade. Uma delas, chamada de “Transitional”, incluia componentes que dependiam diretamente de recursos disponíveis exclusivamente no sistema Windows, e que seria adotada como meio de facilitar a transição dos documentos legados, em formato proprietário, para o padrão aberto. Esta classe de conformidade deveria ser usada, portanto, apenas para a migração e não para a criação de novos documentos. A outra classe, “Strict”, satisfazia as demandas da ISO e o OpenXML, foi então aprovada como padrão aberto pela entidade, como ISO/IEC 29500, em março de 2008.

Mas como estão as coisas agora, em 2010? O ODF está sendo adotado por governos de vários países do mundo, inclusive Brasil. O OpenXML, por sua vez, é implementado por um conjunto de versões diferentes, o que gera incompatibilidade e riscos de preservação  e acessos futuros aos documentos. Vejamos:

a)    A versão originalmente proposta do OpenXML, chamada de Ecma 376, foi rejeitada pela ISO. É uma versão que contém muitos componentes altamente dependentes do Windows e portanto não pôde se considerada um padrão aberto. O usuário desta versão está preso ao Office da Microsoft.

b)    A versão “Transitional” não deve ser usada para gerar novos documentos e é interessante que nem mesmo os produtos Office 2007 e 2010 da Microsoft conseguiram implementar todas as especificações desta versão. Aliás, o Office 2010 implementa uma versão extendida do “Transitional”, com extensões proprietárias que não estão incluídas nas especificações aprovadas pela ISO.

c)    A “Strict” é a que deve ser usada para gerar novos documentos. Mas nem mesmo o Office 2010 consegue gravar arquivos nesta versão. Na prática, ao não implementar a “Strict” e criar extensões proprietárias à “Transitional”, a Microsoft mantém sua estratégia de padrão fechado, embora agora com uma camada de verniz para ser chamado de “aberto”.

Muito bem, voltando à pergunta original, minha recomendação é que as empresas e governos continuem adotando o padrão ODF e fiquem alertas para não adotarem o OpenXML em uma versão que não seja a “Strict”.

Posted in Aplicativos, Conhecimento Livre, cultura hacker, Cultura Livre, Desenvolvimento colaborativo, Go-OO, Legislação, LibreOffice.org, Microsoft, OASIS, ODF, OpenOffice.org, Política, Software, Software Livre | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

BrOffice.org/MsOffice – algumas perguntas frequentes

Posted by Paulo em 02/08/2010

Esse texto foi extraído da Intranet da empresa onde trabalho e foi enviado por Roberson Cesar Alves de Araujo [roberson] em 28/07/2010 – 14:49. O texto teve algumas linhas modificadas para atualização e correção ortográfica e gramatical.

Dicas IMPORTANTES BrOffice / MSOffice

Em minha empresa, sempre surgem problemas com formatos de arquivos do MS-Office e do BrOffice. Qual a forma correta de tratar essa questão ?

Esta questão requer um embasamento conceitual, afim de evitar o simples “adestramento”, infelizmente, tão comum entre os usuários de sistemas informatizados. Todos os conceitos abaixo se referem ao Microsoft Office até a versão 2003. A versão 2007 mudou completamente o seu formato de arquivos, como é de praxe ocorrer entre as diferentes versões deste software por questões mercadológicas (forçar o usuário a mudar de versão).

Formato de arquivos BrOffice.org x MS-Office
Um formato de arquivo eletrônico especifica como são organizados internamente os dados (texto, figuras, tabelas, etc) e as instruções de como recuperá-las, afim de possibilitar sua exibição em um monitor de vídeo, ou enviar para uma impressora.

Padrões fechados x padrões abertos
Este formato pode ser exclusivo e considerado “segredo” de um fornecedor, ou pode ser aberto, seguindo padrões internacionais, como as normas da ISO.
Continue lendo »

Posted in BrOffice, Conhecimento Livre, Cultura Livre, Desenvolvimento colaborativo, Go-OO, Legislação, Livros e Treinamentos, Microsoft, ODF, OpenOffice.org, Software, Software Livre | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 4 Comments »

OpenOffice.org tem mais de 154 milhões de downloads desde a versão 3.0

Posted by Paulo em 05/06/2010

Tradução do original em: http://marketing.openoffice.org/marketing_bouncer.html

Gráficos de Download

Para mais informações, leia as FAQ.

Total de downloads desde que o OpenOffice.org 3.2 foi anunciado

O OpenOffice.org 3.2 foi anunciado em 11 de Fevereiro de 2010 e esta é a versão estável atual.

30.061.864

Total de downloads do OpenOffice.org 3.1

Este contador mostra todos os downloads do sítio OpenOffice.org entre o lançamento do OpenOffice.org 3.1 em 7 de Maio de 2009 e o lançamento do OpenOffice.org 3.2 em 11de Fevereiro de 2010.

64.835.560

Total de downloads do OpenOffice.org 3.0

Este contador mostra todos os downloads do sítio OpenOffice.org entre o lançamento do OpenOffice.org 3.0 em 13 de Outubro de 2008 e o lançamento do OpenOffice.org 3.1 em 7 de Maio de 2009.

59.903.711

Tendência dos downloads nos últimos 28 dias

Downloads por plataforma nos últimos 28 dias

Faça seus próprios gráficos!

Se você não gostou desses gráficos, você pode gerar os seus próprios utilizando o Query Generator hospedado pela Good-Day Inc.

Posted in BrOffice, Conhecimento Livre, Cultura Livre, Desenvolvimento colaborativo, ODF, OpenOffice.org, Software, Software Livre | Etiquetado: , , , , , , , , | Leave a Comment »

Lançado o KOffice 2.2

Posted by Paulo em 29/05/2010

Artigo original em: http://under-linux.org/content/lancado-koffice-2-2-1020/

Lançado KOffice 2.2

por CammyL Publicado em 28-05-2010

Mais de seis meses após o lançamento do 2.1, os desenvolvedores da suíte open source KOffice anunciaram o lançamento da sua versão 2. 2. KOffice é composto pelo processador de texto KWord, pela planilh a KSpread, pelo gerenciador de apresentações KPresenter, pelo gerenciador de projetos KPlato, pelo editor de gráfico Karbon e ainda conta com um editor de imagens, o Krita. A nova versão apresenta estabilidade no retorno do aplicativo de gerenciamento de dados Kexi, e a adição de novos filtros de importação para formatos MS OOXML que foram introduzidos no Microsoft Office 2007. As atualizações para o editor de gráficos Krita incluem por exemplo um GIF de importação, suporte para PPM, XFC e para JPEG200.

Segundo os desenvolvedores, o KOffice 2,2 contém mais de 4.500 mudanças, e esta é a primeira versão a incluir um número significativo de contribuições de código de empresas e organizações externas. Informações mais detalhadas sobre o lançamento podem ser encontradas em seus Release Notes, e o download do KOffice 2.2 já encontra-se liberado para download.

Saiba mais:

[1] Lançamento do KOffice 2.2 : http://www.koffice.org/news/koffice-2-2-released/


Posted in Conhecimento Livre, Cultura Livre, Desenvolvimento colaborativo, ODF, Software, Software Livre | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

ODF 5 Anos

Posted by Paulo em 06/05/2010

Muitas pessoas têm a ilusão de que a Microsoft está na  liderança do mercado porque é competente e tem bons produtos. Essa é uma visão distorcida, típica das pessoas que “pegaram o bonde da tecnologia andando”, e que desconhecem a história. Pessoas que, como eu, estão na área de TI há mais de 20 anos, viveram a história e viram como e por que certas coisas aconteceram, e o mercado de informática tem a cara que tem hoje. Não temos essa ilusão, e vemos o software livre de uma forma muito simpática… Pelo menos a maioria de nós.

O texto abaixo de Rob Wier, lança um pouco de luz na história das aplicações e dos sistemas operacionais, que pode ajudar, a quem esteja interessado em saber, a entender porque os defensores do software livre são tão apaixonados pela sua causa. Como se diz popularmente: “gato escaldado tem medo de água fria”.

01 de Maio de 2010 em http://www.robweir.com/blog/2010/05/odf-5-years.html

Tradução: Paulo de Souza Lima

Há exatamente cinco anos atrás, em 1 de maio de 2005, o OASIS aprovou o formato aberto de documentos 1.0 (Open Document Format – ODF 1.0) como padrão OASIS. Eu gostaria de dedicar uns poucos e breves minutos para refletir sobre esse marco, mas apenas isso. Estamos ocupados no trabalho no OASIS fazendo os últimos ajustes no ODF 1.2. Estamos nas últimas semanas da revisão que tem “todas as mãos na massa” para que possamos entregar as questões pendentes, dessa forma, podemos enviá-la para a revisão pública final. Mas espero que eu possa ser desculpado por um pequeno desvio para comemorar esse aniversário.

Continue lendo »

Posted in BrOffice, Conhecimento Livre, Cultura Livre, Desenvolvimento colaborativo, Firefox, História, Legislação, Microsoft, OASIS, ODF, Política, Software, Software Livre | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Petrobras assina protocolo de intenção para adoção de formatos abertos

Posted by Paulo em 13/04/2010

Fonte: Petrobrás através do portal BrOffice.org – http://www.broffice.org/petrobras_assina_protocolo_odf

Posted abril 12th, 2010 by luizheli

foto A Petrobras deu mais um importante passo na adoção de software livre com a assinatura do Protocolo Público de Intenção Para Adoção de Formatos Abertos de Documentos.

O documento, conhecido como Protocolo de Brasília, tem o intuito de firmar compromisso entre as organizações ligadas ao Governo Federal para a utilização do formato ODF (Formato Aberto de Documentos) como padrão de documentos internos e para a troca com demais signatários do protocolo. Para a TIC (Tecnologia da Informação e Telecomunicações), foi a confirmação do caminho que vem sendo trilhado com as adoções do Firefox e BrOffice.org.

”Um dos vetores é termos uma alternativa robusta para seguir por um caminho livre, com menor dependência de fornecedores. Essa iniciativa deveria abranger não apenas as empresas ligadas ao Governo, mas a própria iniciativa privada brasileira”, acredita o Gerente Executivo José Carlos da Fonseca.

Também já assinaram o protocolo a Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil, os Correios e o SERPRO, entre outros. “Estiveram presentes à assinatura do protocolo (da esquerda para direita): Marcelo Estellita, Gerente Geral de Infraestrutura de TIC; José Carlos da Fonseca, Gerente Executivo de TIC; Paulo Maia da Costa, da Caixa Econômica Federal; e Antonio Carlos de Faria, Gerente de Serviços de Computação Distribuída.”

Foto: Marcela de Genaro

Posted in BrOffice, Conhecimento Livre, Cultura Livre, Desenvolvimento colaborativo, ODF, OpenOffice.org, Política, Software, Software Livre | Etiquetado: , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

O formato RTF ou como Conquistar o Mundo com Práticas Comerciais Desleais

Posted by Paulo em 10/04/2010

Artigo original em: http://dicas-l.com.br/dicas-l/20100406.php

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida
Data de Publicação: 06 de abril de 2010

Fazendo uma pesquisa sobre o formato RTF, descobri diversas coisas interessantes. Na disputa entre a Novell e a Microsoft, relativa às práticas desleais adotadas pela Microsoft para tirar o Wordperfect da liderança no mercado de editores de texto, é bastante educativo aprender como, através do uso de um formato supostamente aberto, o RTF, a Microsoft conseguiu desbancar o Wordperfect da liderança de mercado.

Continue lendo »

Posted in BrOffice, Conhecimento Livre, Cultura Livre, Desenvolvimento colaborativo, Legislação, Microsoft, ODF, OpenOffice.org, Política, Software, Software Livre | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

A Novela da Microsoft com OOXML Continua

Posted by Paulo em 08/04/2010

artigo original em: http://under-linux.org/content/novela-da-microsoft-com-ooxml-continua-591/?nocache=1

Por saryshagan, publicado em 07-04-2010

Essa novela parece que nunca acaba. Atualmente a Microsoft vem sofrendo fortes críticas por seu papel no processo de normalização para seu padrão OOXML (Office Open XML), junto a ISO (International Organisation for Standardisation). No segundo aniversário da adoção do OOXML como padrão pela ISO, Alex Brown, anfitrião da Ballot Resolution Meeting do OOXML na ISO, afirmou que a Microsoft não está respeitando os compromissos em transformar o OOXML em um padrão ISO aberto. Ele resume toda a situação com a seguinte frase: “Me parece que sem uma mudança na atual direção, é garantido que todo o projeto OOXML rume ao fracasso”.

Continue lendo »

Posted in BrOffice, Conhecimento Livre, Cultura Livre, Desenvolvimento colaborativo, Legislação, Microsoft, ODF, OpenOffice.org, Política, Software, Software Livre | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Lançada a Edição 11 da Revista BrOffice.org

Posted by Paulo em 06/04/2010

Posted abril 4th, 2010 by rocheleprass

Presente Páscoa O lançamento da edição 11 é um verdadeiro presente neste domingo de páscoa para a Comunidade BrOffice.org, que trabalha em equipe na elaboração da Revista BrOffice.org. Já disponível para leitura , a publicação tem mais uma novidade: será impressa e distribuída durante o IV Encontro Nacional BrOffice.org, tema central desta edição.

O planejamento desta edição da Revista BrOffice.org, que tem como premissa ser uma publicação temática, iniciou com um foco: dar ao leitor uma visão abrangente sobre o IV EnBrO. Mas, uma boa notícia impactou a comunidade: a Petrobras iniciou a implantação do BrOffice.org em 90 mil máquinas da entidade, contemplando cerca de 100 mil usuários. O assunto é tema de reportagem que a Revista BrOffice.org traz com exclusividade aos leitores.

Continue lendo »

Posted in BrOffice, Conhecimento Livre, Cultura Livre, Desenvolvimento colaborativo, ODF, OpenOffice.org, Software, Software Livre | Etiquetado: , , , , , , , | Leave a Comment »

Use ODF (Open Document Format).

Posted by Paulo em 31/10/2009

Posted in Conhecimento Livre, Cultura Livre, Desenvolvimento colaborativo, Filmes, História, Legislação, Microsoft, ODF, Software, Software Livre | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

A área cinzenta do ODF

Posted by Paulo em 22/10/2009

Open Document Format - Formato Aberto de Documentos

Open Document Format - Formato Aberto de Documentos

Enquanto nas listas de discussão, fóruns e comunidades das redes de relacionamento ainda se discute apaixonadamente questões como “quem é melhor, Linux ou Windows”, nos grandes organismos internacionais verdadeiras batalhas para definir o que eu, você e o resto dos pobres mortais do planeta usaremos ou deixaremos de usar em nossos computadores num futuro muito próximo. Nestes locais pode-se encontrar gente muito jovem e trabalhadora como Jomar Silva, Alexandre Oliva, César Taurion, Rubens Queiroz entre muitos outros, mas também encontra-se gente muito velhaca e mal-intencionada. Acompanhando os posts sobre a guerra de bastidores entre os padrões ODF e OpenXML no blog do Jomar Silva, começamos a entender por que as coisas são do jeito que são, e também começamos a entender por que as pessoas são manipuladas a tal ponto, que defendem cegamente uma corja de sacanas, cujo único objetivo é manter seus lucros e de seus patrões o maior tempo possível no ponto mais alto possível. Continue lendo »

Posted in Legislação, Microsoft, ODF, Software, Software Livre, Uncategorized | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Conheça a história – Por que um padrão aberto de documentos é tão importante?

Posted by Paulo em 31/07/2009

Open Document Format - Formato Aberto de Documentos

Open Document Format - Formato Aberto de Documentos

“Aconteceu após o tsunami de dezembro de 2004 que destruiu regiões costeiras e vitimou centenas de milhares de pessoas e animais na Ásia. As várias equipes internacionais de resgate que foram auxiliar as vítimas tiveram sua ação prejudicada, pois muitos dos documentos que tinham que ser lidos e trocados eram incompatíveis. Diversos programas editores de texto e de planilhas eram usados. Especialmente editores proprietários e fechados. Ficou muito difícil trocar arquivos tanto entre versões antigas e atuais do mesmo programa (Exemplo: entre Word 2002 e Word 6), quanto entre programas diferentes (Exemplo: entre Word e WordPerfect). Muito tempo foi perdido para resolver esse problema tecnológico. E, quanto mais o tempo passava, muitas vidas, humanas e não humanas, eram ceifadas”.

Este trecho foi copiado de um ótimo artigo escrito por Fátima Conti, e publicado no site Dicas-L, em 29/07/2009. Fátima mostra porque a adoção de padrões abertos na indústria de software é tão importante e porque a imposição de formatos proprietários (leia-se “MsOffice”) prejudica empresas, governos e pessoas.

O artigo original está em: http://www.dicas-l.com.br/broffice/broffice_20090730.php

E, para se inteirar mais sobre o assunto, recomendo esse blog: http://hogwartslinux.wordpress.com/

Visite, também, a página da ODF Alliance no Brasil: http://br.odfalliance.org/

aconteceu após o tsunami de dezembro de 2004 que destruiu regiões costeiras e vitimou centenas de milhares de pessoas e animais na Ási”Aconteceu após o tsunami de dezembro de 2004 que destruiu regiões costeiras e vitimou centenas de milhares de pessoas e animais na Ásia. As várias equipes internacionais de resgate que foram auxiliar as vítimas tiveram sua ação prejudicada, pois muitos dos documentos que tinham que ser lidos e trocados eram incompatíveis. Diversos programas editores de texto e de planilhas eram usados. Especialmente editores proprietários e fechados. Ficou muito difícil trocar arquivos

tanto entre versões antigas e atuais do mesmo programa (Exemplo: entre Word 2002 e Word 6), quanto entre programas diferentes (Exemplo: entre Word e WordPerfect).

Muito tempo foi perdido para resolver esse problema tecnológico. E, quanto mais o tempo passava, muitas vidas, humanas e não humanas, eram ceifadas.”

a.

3g Está com problemas em configurar seu modem no Linux?
Tem problemas de conexão e sinal baixo?

Se você mora na região de Curitiba, eu posso ajudar.
Deixe um comentário neste post que entrarei em contato.


Bookmark and Share

Posted in Debian Linux, Fedora, História, Legislação, Mandriva, Microsoft, ODF, Slackware, Software, Software Livre, Ubuntu Linux | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comment »

 
%d blogueiros gostam disto: